Dicas de Saúde

Assine as nossas
Dicas de Saúde e Beleza!

Veja outros Posts

Calvície tem cura? Trate a queda de cabelo acentuada!

Calvície tem cura? Trate a queda de cabelo acentuada!

Este é um problema bem comum principalmente entre os homens, mas mulheres também podem sofrer com ele. Mesmo que a pessoa sempre tenha tido uma vasta cabeleira, de repente ou aos poucos vai notando que o cabelo está rareando ou a formação de falhas no couro cabeludo. Alguns aceitam e assumem a careca sem maiores problemas, já outros pensam: “E agora? Calvície tem cura?”

A Sociedade Brasileira para Estudo do Cabelo (SBEC) estima que 42 milhões de pessoas têm calvície. A causa mais comum é a genética associada a alterações hormonais, porém outros fatores podem desencadear a queda acentuada de cabelo.

causas calvicie

O que causa e como identificar?

É comum algumas pessoas acreditarem que estão perdendo mais cabelo que o normal, mas é totalmente aceitável que se perca por volta de 100 fios de cabelo por dia. Se a quantidade começar a parecer mais que isso, é importante buscar ajuda. Observe se há um aumento de fios no travesseiro, na mesa de trabalho, em roupas e ao lavar os cabelos, por exemplo.

A calvície masculina, que é a mais comum, é associada ao hormônio testosterona e geralmente começa a surgir com as famosas entradas na lateral da testa que com o tempo vão subindo cada vez mais. O renomado médico Drauzio Varella explica o problema da seguinte forma em seu portal online:

Ao atingir a raiz do cabelo, a testosterona sofre a ação de uma enzima. Como consequência dessa reação surgem substâncias que vão reduzir a velocidade de multiplicação das células da raiz ou mesmo provocar a morte delas. O resultado é que o cabelo fica mais fino e seu crescimento mais vagaroso.

Procure um médico dermatologista, muitas vezes a calvície pode ser revertida.

Calvície feminina: tem diferença?

Embora muito menos comum que a calvície masculina, a queda acentuada também pode acometer às mulheres. Estima-se que cerca de 5% da população feminina sofra com a calvície ou alopecia.

O problema, para elas tende a ser ainda pior e mais nocivo a autoestima, pois culturalmente em nossa sociedade os cabelos são fortemente ligados à feminilidade e as mulheres geralmente são bem mais preocupadas com o cuidado com as madeixas. Diferente dos homens, a calvície feminina não costuma ser observada com o aparecimento de entradas, mas em diferentes áreas do couro cabeludo.

 

A perda de cabelos feminina muitas vezes pode indicar condições de saúde mais sérias, por isso, ao primeiro sinal do problema o mais aconselhável é procurar um médico. Alguns fatores como estresse, menopausa, anemia, ovários policísticos, problemas de tireoide, doenças autoimunes e dermatológicas podem provocar a queda dos cabelos nas mulheres e merecem atenção médica.

Como tratar?

Atualmente a medicina e a área da estética desenvolveram tratamentos que são sim capazes de resolver a calvície ou ao pelo menos impedir o avanço da perda de cabelo. Alguns menos e outros mais invasivos.

Existem alguns medicamentos tomados via oral que podem ajudar com a perda de cabelo. No entanto, a prescrição médica é necessária. Inclusive uma das substâncias componentes de um medicamento indicado para o tratamento de homens, a finasterida, é contra indicada para mulheres grávidas.

Um tratamento estético que está em alta e possui resultados satisfatórios para vários problemas, inclusive a calvície, é o microagulhamento feito com o aparelho DermaRoller. No procedimento são feitas várias microperfurações na pele, o que faz com que haja uma superestimulação da produção de colágeno e da renovação celular.

Além disso, no tratamento para a calvície são aplicados dermocosméticos específicos para o problema que são muito melhor absorvidos pela pele graças a esses micro furinhos. Saiba tudo sobre o microagulhamento com este post.

Duas alternativas que aparecem como recursos quando outros tratamentos não surtiram os efeitos desejados são o implante e o transplante capilar. Muito confundidos entre si, o primeiro é feito com cabelos artificiais feitos de biofibra e ainda não é tão popular no Brasil. O segundo é feito com fios do próprio paciente retirados de outra área que não tenha sido afetada pela queda de cabelo.

Este foi o nosso post de hoje sobre a queda de cabelo acentuada. Mande para alguém que possa estar passando por essa situação, permita que todos saibam que a calvície tem cura sim, mas o acompanhamento médico é necessário, assim como os tratamentos corretos.

Para mais informações, agende uma avaliação gratuita! Você também pode deixar um comentário ou sugestão abaixo e assinar a nossa newsletter para nunca perder nenhuma das nossas dicas sobre saúde e beleza. Até mais!

Deixe seu Comentário

Confira nossos tratamentos

Fique por dentro de nossos tratamentos de Emagrecimento, Estética Corporal, Estética Facial e Depilação a Laser! 

Tecnologia de Ponta

Conheça todas as nossas tecnologias!

Você também pode se interessar

Avaliação gratuita

Avaliação gratuita