Dicas de Saúde

Assine as nossas
Dicas de Saúde e Beleza!

Veja outros Posts

Varizes e vasinhos: como evitar e tratar

Varizes e vasinhos: como evitar e tratar

Elas podem surgir a partir do calcanhar até a altura das coxas. Varizes e vasinhos são bastante comuns, principalmente em mulheres, até mesmo as mais jovens. Pesquisas feitas pelo Centro de Saúde Escola de Botucatu (SP) indicam que o problema pode chegar a atingir 35% da população brasileira.

As linhas de coloração roxa ou azulada costumam causar muito incômodo e preocupação estética, mas é preciso ter atenção à evolução do quadro, pois varizes podem aumentar indicando e causando problemas sérios de saúde. Além disso, as pessoas que sofrem com varizes podem sentir muita dor e cansaço nas pernas.

Se você já sofre com as varizes ou vasinhos ou quer evitar que eles apareçam, este post chegou na hora certa! Explicaremos porque e como eles surgem, o que pode ser feito para não tê-los e quais os tratamentos mais indicados e modernos.

Varizes e vasinhos: o que são e quais as principais causas?

o que sao varizes e vasinhos

Os vasinhos também são chamados de aranhas vasculares por causa de sua aparência na pele. Os vasinhos são mais superficiais, já as varizes são mais profundas, caracterizadas como veias dilatadas e tortuosas e são bem mais visíveis.

Em algumas pessoas os vasinhos podem surgir até mesmo no rosto, quando vasos capilares muito próximos à pele se dilatam por causa de fatores como rosácea, excesso de sol, cigarro, envelhecimento, gravidez e pelo uso de corticóides.

A indicação máxima ao notar os primeiros vasinhos é consultar um médico angiologista ou um cirurgião cardiovascular, principalmente se já tiver um histórico familiar de complicações vasculares.

Segundo o portal do renomado médico Drauzio Varella, a predisposição genética, a gravidez, idade avançada, o excesso de peso e obesidade ou uso de pílula anticoncepcional, podem causar alterações no funcionamento das válvulas, que se tornam ineficientes e podem fazer com que o sangue fique parado dentro das veias. O resultado disso são as veias dilatadas devido à pressão.

Como evitar

Alguns estudos também relacionam o aparecimento de varizes e vasinhos ao uso de pílulas anticoncepcionais. Portanto, é melhor procurar outros métodos de contracepção, principalmente se já houver histórico de varizes na família. Converse com seu ginecologista e com um angiologista, eles podem te pedir exames específicos para saber se há maiores riscos no uso desse tipo de medicamento.

Atividades físicas em que as pernas se movimentam são muito eficazes para evitar varizes e vasinhos. Pequenas ações podem fazer toda a diferença. Se você trabalha sentada ou fica muito tempo na mesma posição, faça pausas regulares e para caminhar e esticar as pernas, poucos minutos por vez já é o suficiente.

Massagens também podem ser muito úteis e relaxantes, assim como qualquer ação que estimule o fluxo sanguíneo. Outra alternativa é, sempre que possível, elevar as pernas acima do nível do coração.

Tratamentos

tratamentos para varizes e vasinhos

Para vasinho e varizes pequenas e médias, o tratamento mais indicado é o da Escleroterapia. A técnica é popularmente conhecida apenas como “aplicação”, pois medicamentos e substâncias específicas são aplicados nas áreas afetadas.

As substância aplicadas geralmente são a glicose e o Poidocanol em forma de espuma, que são capazes de bloquear o fluxo sanguíneo pois causam uma inflamação nas paredes do vaso.

O procedimento é muito simples, levando em média de 10 a 20 minutos e não requer repouso. O paciente já pode retomar as atividades normais no mesmo dia. É preciso apenas evitar atividades muito pesadas e a exposição ao sol até 3 semanas depois da sessão. O uso de meias de compressão elástica também é recomendado.

Antes de realizar o tratamento é necessário passar por uma avaliação bastante completa para determinar se a escleroterapia é o ideal. A avaliação também determinará o número de sessões necessárias, que pode variar de acordo com fatores como quantidade de veias, do tamanho e diâmetro, da coloração da pele, etc. O procedimento deve ser feito apenas por um médico.

O tratamento pode causar um certo incômodo devido a picada da agulha e a entrada da substância na veia ou vaso. Mas nada muito exagerado ou insuportável, os pacientes toleram bem o desconforto.

O aparecimento de manchas vermelhas, linhas marrons ou pequenas feridas ao redor da aplicação é totalmente normal. No entanto o médico deve ser procurado caso algo fora do normal aconteça após as sessões.

Os casos mais graves podem necessitar de intervenção cirúrgica na qual as veias comprometidas são retiradas. Por isso é tão importante a avaliação de um médico, para saber qual o estado de suas varizes e qual o tratamento mais adequado para cada caso particular.

Se você sofre com varizes e vasinhos, agende a sua avaliação gratuita na unidade da ClinEscultural mais próxima! Deixe um comentário abaixo se tiver qualquer dúvida ou sugestão. Para mais conteúdo sobre saúde e beleza é só assinar a nossa newsletter e acompanhar o nosso blog. Estamos sempre trazendo novidades! Até a próxima!

Deixe seu Comentário

Confira nossos tratamentos

Fique por dentro de nossos tratamentos de Emagrecimento, Estética Corporal, Estética Facial e Depilação a Laser! 

Tecnologia de Ponta

Conheça todas as nossas tecnologias!

Você também pode se interessar

Avaliação gratuita

Avaliação gratuita